E quando os pais não aceitam a decisão - Dicas

Sonho americano
American Dream (foto daqui)

Tomar a decisão de ser Au Pair não é nada fácil, pelo contrário, é bem difícil. Mais difícil ainda é lidar com a falta de apoio das pessoas, principalmente da família que é o apoio essencial pra tudo ocorrer da melhor maneira possível.
Mas nem tudo é mar de rosas, e infelizmente, tem família que não apoia a decisão de a filha querer ir morar fora. "Como assim, minha filha ir morar longe de mim, lá do outro lado do mundo?" - Diz um pai ou mãe, aflitos só de pensarem nisso.

Eu tive muita dificuldade em convencer meus pais a me deixarem ir para os Estados Unidos fazer um intercâmbio, afinal eu não queria fazer nada sem o consentimento deles. Pra mim, é horrível a sensação de estar fazendo algo sem a permissão deles, sem que eles estivessem de acordo com a minha decisão, apesar de eu já ter 20 anos, eu respeito muito meus pais nesse quesito. Depois se acontece algo com um deles não quero ninguém me dizendo "eu falei que não era pra você ir". Sentimento de culpa me consumiria.

Convencer minha mãe foi fácil, ela sempre me apoia nas minhas decisões quando se trata de realizar meus sonhos. Agora meu pai...não foi nada fácil. Ele não entendia o por que eu tanto desejava isso (quero fazer intercambio desde meus 14 anos) e sempre falei isso pra eles e meu pai continuava não entendo, por que raios eu queria sair do meu país, da minha casa, de perto da família pra ir morar fora. Ele sempre dizia: "Nunca que eu faria isso, ir morar longe da família, e se acontece alguma coisa com algum de nós?" 
E eu dizia: bom, esse é o problema pai, e se não acontecer? Vou ficar o resto da vida sem fazer nada que eu quero por medo de acontecer algo com alguém da família? Ah, desculpa mas não dá.

Bom, o tempo foi passando, desisti desse sonho, voltei a sonhar novamente...e chegou um momento que  eu realmente me decidi, ou eu faço ou não faço. Ou eu faço e fico feliz por que realizei um sonho, ou não faço e futuramente ficarei me perguntando pro resto da vida "por que eu não fiz?" Eu optei por fazer e ser feliz. Falei pra minha mãe e ela super me apoiando. Tive uma conversa séria com meu pai e minha mãe juntos, ele querendo mudar de assunto, mas eu fiz um draminha emocional rsrs e ele chegou à conclusão que eu não vou desistir tão cedo desse sonho e resolveu me apoiar também. 

Agora estou com a consciência limpa de que poderei estar fazendo a coisa mais certa da minha vida. Talvez. Minha mãe já até fala que é pra eu ficar mais que um ano e fica falando: ah filha, quando você estiver lá, faz isso, faz aquilo, me envia foto disso e daquilo...hahah acho um sarro.
Meu pai vai até me ajudar financeiramente obaaa, ali que eu dizia hahah

Ok, May...mas o que fazer pra convencer meus pais da minha decisão e ter o apoio deles?
Continue lendo ->


Isso é bem relativo, pois depende de como seus pais são. Uns são mais fáceis de convencer e mais flexíveis do que os outros . Não posso dizer que seus pais aceitarão com certeza, mas que uma boa conversa pode ajudar...isso sim.

Uma dica é falar dos motivos pelos quais você quer fazer esse intercâmbio, as razões pelas quais isso seria bom pra você. Vou falar aqui os MEUS motivos, quem sabe você se identifica. 


1- Sonho de morar fora: sempre, desde que eu tinha 14 anos tive o sonho de morar fora, sempre quis fazer intercâmbio, nunca tive condições. Sempre pensei que morar fora abriria portas em minha vida e que seria uma experiência diferente e incrível.

2- Crescimento pessoal e profissional: sempre soube que quem tivesse uma experiência morando fora teria um crescimento tanto pessoal quanto profissional. O intercâmbio nos abre portas que nem imaginamos, as pessoas valorizam muito quem tem esse tipo de experiência, justamente por que o intercâmbio nos faz amadurecer, nos faz dar valor pras mínimas coisas, coisas que nunca dávamos importância. Aprendemos a dar mais valor na família, aprendemos o que é saudade de verdade, a ter mais responsabilidade, ou seja, sem querer querendo viramos adulto, coisa que muitas vezes nem a vida consegue fazer.

3- Inglês fluente: todos nós estamos carecas de saber que o inglês hoje em dia é essencial pra se ter um bom emprego, não só pra isso, mas pra tudo. É imprescindível ter um outro idioma, isso nos faz ser destaque em uma vaga de emprego por exemplo. Eu amo inglês e mesmo não fazendo intercâmbio eu ia querer ficar fluente. Entretanto, o intercâmbio é a melhor forma de conseguirmos isso, pois estaremos entrando de cabeça pra uma nova cultura, um novo idioma, ou seja, temos que aprender na marra (o jeito mais certo de aprender inglês).

4- Viajar: Quem aqui não gosta de viajar? Acho que ninguém né haha ouvi dizer que se você mora nos EUA é muito fácil viajar, é tão barato que dá até raiva por que aqui é caríssimo. Já pensou, conhecer vários lugares, estados e cidade? Que sonho =)

5- Segurança: Sei que muitos pais ficam com medo de deixar a filha ir morar fora do país, viajar sozinha e tudo mais, até por que como ouvimos várias histórias que moças são traficadas etc e tal. Ei, psiu, não é nada disso okay? Esse programa é regulamentado pelo governo americano e não tem perigo de sua filha ser traficada, é tudo muito correto. O máximo que pode acontecer é irmos para uma família não tão boa, mas pra isso tem solução, tem o rematch que é quando procuramos outra família. As agências são todas confiáveis (as que eu conheço são as que eu citei nesse post) e esse programa é extremamente confiável. Diga aos seus pais que você não estará indo pra Turquia, você estará indo para os Estados Unidos, trabalhar, estudar e ter uma experiência única e uma oportunidade que muitos não têm.

6- Compras: ah fala sério, quem nunca pensou que quando estivesse nos EUA iria comprar um monteeee de coisa, simplesmente por que lá as coisas são muito baratas? Lógico que esse também é um motivo haha

7- Estudar: é um dos meus principais motivos, já pensou colocar no seu curriculum que estudou em uma universidade americana??? Além de ser uma experiência incrível, poder ver como realmente as escolas ou College são, você ainda terá isso registrado no seu curriculum.

8- Amizade: Faremos muitas amizades, com pessoas de todo o mundo que ficarão guardadas pro resto da vida.

9- Amadurecimento: já citei isso ali em cima, mas acho importante frisar bem isso, o intercâmbio nos faz crescer, amadurecer, dizem que voltamos uma outra pessoa, totalmente diferente e pra melhor (graças a Deus).

10- Independência: chega de ficar debaixo da saia da mamãe, ta na hora de crescer, de ser independente. Tem pessoas que vivem a vida inteira dependente dos pais, eu não quero isso pra mim. Eu me considero bem independente e quanto mais, melhor. Vamos sair da nossa zona de conforto e experimentar novos ares, novos estilos de vida, é isso aí, seja independente! 

Então, sinceramente? Eu só vejo vantagens quando se faz um intercâmbio, não consigo enxergar desvantagens e não acho que vá prejudicar ninguém, pelo contrário.
Sugiro que você mostre esse post aos seus pais ou leia e depois diga a eles por que você quer ser au pair. Não é tão simples mas não custa tentar né rsrsr

Um p.s aqui rapidinho: garota (ou boy) seja feliz, se joga, vai se aventurar, vai ser feliz, vai realizar teu sonho. É melhor se arrepender do que fez do que no futuro se arrepender do que não fez. Sonhos podem se tornar realidade, mas isso só acontece quando corremos atrás e lutamos por isso.

Bom gente por hoje é só, desculpem pelo post gigante (me empolguei ahah)
Beijo e até a próxima!!

12 Comentário(s):

  1. Super concordo com suas dicas! Eu não tive problemas, já que minha mãe sempre soube que esse era meu sonho. E quando a gente tem o apoio, tudo muda!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Nu! Sem o apoio tudo fica mais difícil, o apoio familiar é essencial!
      Que bom que sua mãe sempre concordou com vc, isso é ótimo ^^
      Beijoo!!

      Excluir
  2. dicas perfeitas.. usei todas para convencer minha mae q super não gostou da ideia no começo... Bjoka

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Gi!
      Acho que a maioria dos pais não gostam muito né, ver seus bebês longe não é legal rsrs

      Beijuuu

      Excluir
  3. Otimas dicas, vão ajudar muitas meninas.. :D
    Na minha familia, minha mãe me apoia bastante, mas daquele jeito, não querendo que eu venha, e meu pai ate pouco tempo não concordava muito com eu vir, mas quem não quer que eu venha de jeito nenhum é o meu irmão.. rsrs Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Igual a mim Jessy, meu pai que não queria muito, mas agora ta de boa hehe
      Seu irmão? Super protetor entao? haha

      Beijoo, obrigada pelo comment!!

      Excluir
  4. Nossaa May adoreii o post !!!
    Passo por isso =/
    Desde pequena eu sempre tive o sonho de ir para o EUA... sempre tive ânsia para aprender inglês ... sempre fiz vários cursos .. mas sempre parei pela metade devido a vários fatores ... (tempo, grana e etc) ... Lembro que da ultima vez fui obrigada a fazer uma promessa para o meu pai que eu sabia que eu não iria conseguir cumprir =/
    mas eu tive que fazer .... entrei no curso na empresa que eu trabalhava porém entrei desatualizada de tudo e já na metade do level ... foi super difícil para eu acompanhar ... para falar a verdade eu não acompanhei ... e eu não conseguia entender nadaaaaa e nem o que eu estava fazendo ali ... fui completamente descriminada por algumas meninas que não gostavam de mim, porém já estavam em um nível mais avançado do que eu .... meio que sofri bulem sabe ... mas sempre guardei pra mim ... e no fundo no fundo eu não queria desistir e queria muitoo fazer inglês porém começar do inicio, em uma escola .. ai foi onde eu falei para meu pai que eu iria fazer intercâmbio para aprender inglês !!! Nossa ele ficou griladoooo e falou pra mim ... Se eu pagar um curso para vc, vc promete pra mim que não vai ir para fora do Brasil ... eu eu prometi =** pq queria muito fazer o inglês de novo e não ser mais recriminada pelas pessoas com quem eu trabalhava .... porém no fundo no fundo eu sabia que eu ia falhar com essa promessa !!!!
    Enfim esse ano quando sai da empresa fechei o programa Au Pair ... pensei em mim no primeiro momento e deixei as pessoas um pouco de lado nessa minha decisão .... fechei sem ninguém saber !!!!
    Há pouco tempo fui contando para algumas pessoas ... (minha boadrasta e meu irmão mais velho que moram comigo) sabem, minha mãe e alguns amigos sabem e super me apoiaram quando eu falei ... meu noivo sabe ... Porém meu pai é a única pessoa que ainda não sabe ... e eu moro com ele ... Não posso contar para ele por agora ... pq se não é capaz dele me deixar na mão com a facul .. e eu termino ano que vem ... mas me sinto muito culpada em não poder compartilhar isso com ele por agora =*
    Mas ano que quem ... quando estiver perto de acabar a facul, e quando já começar a conversar com as famílias vou contar para ele ! Eu sei que vai ser uma barra essa situação ... porém a vida é assim nem tudo são flores u.u
    auhsuash me empolguei aqui contando parte da minha história hehe, quanquer dia posto no meu blog sobre minha experiência e como foi *_*
    Beijãoo May

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nuossssa Djessi, que situação heim!
      Achei a maior sacanagem as meninas te zoarem pelo teu ingles, nada a ver né...mas esse intercambio vai servir pra mostrar a essas pessoas o quanto vc é capaz sim e agora vai falar inglês muito melhor que elas u.u rsrs

      ah e sobre seu pai, menina vc deve estar meio aflita com isso né? Imagino o quão difícil deve ser guardar isso pra vc e querer contar mas não poder =( mas vai dar tudo certo viu, vai orando, que quando vc contar, seu pai vai aceitar numa boa, tenho certeza disso :) e que bom que vc tem o apoio de algumas pessoas, principalmente da sua mae.
      E vc é corajosa heim, fechar sem ninguém saber, essas é das minhas hahah mentira, pq eu nao teria coragem nao hauahu
      Ah vou esperar seu post, quero ler sua história hihi

      Beijao Djessi, e obrigada pelo comment *-*

      Excluir
  5. Oiii May adorei o post.
    Eu sou diferente de você. AMO minha mãe e minha avó, só que a minha mãe sempre me deu liberdade desde quando eu tinha uns 13 anos ehehe. Ela sempre disse "faz o que tu quiser, mas me avisa antes". Então pra mim foi simples, só avisei que faria o intercâmbio. A minha mãe só disse para eu esperar um pouco mais porque tenho que ajudar ela ainda numas coisas aqui OK. Mas, a minha avó? Extremamente protetora e controladora. Por isso que para ela eu nem falei ainda. Mas, como TUDO na minha vida ela dá contra, eu nem me importei se ela vai gostar ou não. É tenso.. Eu amo minha vózinha mais que tudo, só que com o apoio dela ou sem eu não deixo de fazer nada. ;//

    Beijoos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Dri!
      Nossa, eu queria ser assim bem determinada sabe hehe que nem vc...as vezes sou meio indecisa nas coisas..
      Mas que ótimo que sua mãe te apoia de verdade..ah, e vó sempre vai ser assim né, ainda mais que pessoas de outra geração não tem essa visão de independência, na época de nossas avós era tudo mais dificil, eles só ficavam em casa então pra elas é tudo um absurdo...
      Mas vc está certa, faça o que te faz feliz sim, se tua mãe te apoia não tem o por que deixar de fazer!

      Beijosss!

      Excluir
  6. Meu sonho é fazer intercâmbio! Mas a parte mas difícil é convencer eles (não convenci ainda :/), minha mãe sempre me apoia bastante, já meu pai acha que vão me traficar kkkk não sei mas quais argumentos usar! Suas sugestões foram otimas!

    ResponderExcluir

Olá pessoal!! Deixe aqui sua dúvida ou observação. De qualquer forma, comente!!

 

© Template Grátis por Cantinho do Blog. Quer um Exclusivo?Clique aqui e Encomende! - 2014. Todos os direitos reservados.Imagens Crédito: Valfré